Notícias

Informe-se e atualize-se sobre o que esta acontecendo no mercado!

Newsletter

cadastre-se....






20 DEZ
2007
Unifesp entra na formação de tecnólogos.
Unifesp entra na formação de tecnólogos.
 

Uma das cinco maiores produtoras de ciência nacional no campo da saúde humana, a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), abre agora cursos de formação de tecnólogos em radiologia e tecnologia oftálmica. Com duração de quatro anos, os cursos serão oferecidos das 8h às 13h, para atender, prioritariamente, profissionais que estão no mercado de trabalho e que tenham o ensino médio completo. 

O vestibular será no final deste ano, mesmo período do vestibular geral da Unifesp, e as aulas começam em 2008. Para tecnologia oftálmica são 15 vagas e para radiologia, oito. 

Os cursos terão 3.600 horas. De acordo com o professor do Departamento de Oftalmologia da Unifesp, Paulo Schor, os cursos de formação de tecnólogos têm um tronco básico de dois anos onde os alunos recebem formação nas áreas de humanas, exatas e biologia médica fundamentada para o exercício da futura profissão. 

Ao final da formação básica, os estudantes entram na área clínica para estudar os conteúdos específicos, porque o foco do curso é a saúde humana. No último semestre, os alunos fazem estágio curricular em empresas e hospitais credenciados, aproximando-se do mercado de trabalho. Os estudantes da tecnologia oftálmica participam, por exemplo, de atividades externas desenvolvidas pelo Departamento de Oftalmologia da universidade, entre elas, ações preventivas e reabilitação visual na Fundação Dorina Nowil, instituição que trabalha com cegos. 

Entre as atividades de profissionais formados em tecnologia oftálmica e radiologia estão coordenação de projetos de pesquisas, manipulação de aparelhos de alta tecnologia em clínicas, hospitais e consultórios médicos, instrumentação cirúrgica, composição de equipe multidisciplinar em órgãos de vigilância sanitária. Na Unifesp, além do curso ser gratuito, o estudante se beneficiará da infra-estrutura da universidade com acesso à mais alta tecnologia, professores qualificados e a convivência com estudantes de medicina, enfermagem, fonoaudiologia e biocientistas. 

Para a coordenadora-geral de avaliação da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec/MEC), Andréa de Faria Barros Andrade, o ingresso da Unifesp na oferta de cursos de formação de tecnólogos constitui um marco de referência de qualidade, além de dar visibilidade para a área. Em 2006, diz Andréa, com a criação do Catálogo dos Cursos de Tecnologia, o Ministério da Educação começou o resgate e a valorização dos cursos de tecnólogo. 

 

Parceiros

Cimas Diagnósticos por Imagem
TR - Tecnologia Radiológica
Imaging Online - Olhando pelo seu futuro!
desenvolvido pela agência d.Tavares