Notícias

Informe-se e atualize-se sobre o que esta acontecendo no mercado!

Newsletter

cadastre-se....






24 NOV
2007
Novo símbolo de advertência para as Radiações Ionizantes
Novo símbolo de advertência para as Radiações Ionizantes

Com ondas de radiação, uma caveira e os ossos cruzados e uma pessoa correndo, o novo símbolo de advertência de radiação ionizante foi introduzido para complementar o tradicional símbolo internacional de radiação, o trifólio. O novo símbolo de advertência de radiação ionizante (ISO 21482) foi lançada em 15 de fevereiro de 2007, na Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA) em conjunto com a Organização Internacional para a Estandardização (ISO), no intuito de reduzir as mortes desnecessária e os ferimentos sérios de exposição acidental às fontes radioativas de grande porte. Servirá como um aviso suplementar ao trifólio, que não tem nenhum significado intuitivo e é pouco reconhecido pelo grande público, senão por aqueles treinados em seu significado.

O novo símbolo é considerado pelos especialistas da IAEA, como um alerta (advertência), que deve ser afixado em lugar próximo de uma fonte de grande porte de forma a avisar dos perigos potenciais da radiação de ionização, é o resultado de um projeto de cinco anos conduzido em 11 países em torno do mundo. O símbolo foi testado com grupos diferentes de população – de várias idades, variado conhecimento e treinamento, masculinos e femininos – de forma a assegurar que sua mensagem de “PERIGO – MANTENHA-SE AFASTADO” está de forma clara e que seja totalmente compreendida em qualquer lugar do mundo.

O novo símbolo foi desenvolvido por especialistas em fatores humanos, artistas gráficos e os peritos da proteção radiológica, foi testado pelo instituto de Gallup em um total de 1.650 indivíduos no Brasil, México, Marrocos, Quênia, Arábia Saudita, China, Índia, Tailândia, Polônia, Ucrânia e nos Estados Unidos.

O símbolo é indicado para as fontes da categoria 1, 2 e 3 da IAEA, definidas como fontes perigosas capazes de causar a morte ou ferimentos sérios, incluindo irradiadores de alimento, máquinas teleterapias para o tratamento de câncer e unidades de radiografia industrial. O símbolo deve ser colocado no dispositivo que abriga a fonte, como um aviso para não desmontar o dispositivo ou para não ficar próximo deste. Não deverá ser visível sob o uso normal, somente se alguém tentar desmontar o dispositivo. O símbolo não deverá ser fixado em portas de acesso do edifício, em pacotes do transporte ou em recipientes. (texto extraído da Revista CIPA, Ano XXVIII – 329)

 

(texto extraído da Revista CIPA, Ano XXVIII – 329)

Parceiros

Cimas Diagnósticos por Imagem
TR - Tecnologia Radiológica
Imaging Online - Olhando pelo seu futuro!
desenvolvido pela agência d.Tavares